This website uses cookies. By continuing to browse this website, you accept our use of cookies and our Cookie Policy. Close

O que todo conselho de administração deve saber sobre como administrar riscos na organização

A responsabilidade primária de qualquer conselho de administração é garantir o futuro das organizações que supervisionam. Para isso, os conselheiros precisam ter acesso consistente a informações sobre circunstâncias e riscos que poderiam afetar o futuro da organização. Cibersegurança é um ótimo exemplo de informação que afeta diretamente a riqueza e as perspectivas futuras de uma organização, mas até agora não tem passado por análise e supervisão em nível do conselho.

Contudo, com o número devastador de ataques digitais de alta visibilidade e suas significativas consequências jurídicas e financeiras, a segurança digital não é mais um tema que possa ser relegado apenas ao departamento de TI. Agora, é essencial que os conselheiros façam perguntas estratégicas e analíticas sobre o quanto a organização que supervisionam está preparada para enfrentar o novo mundo de violações de dados de alto risco e ter êxito contínuo nessa época tumultuada.

Neste documento, identificamos cinco pilares que fornecem aos conselheiros a base para realizar a tarefa formidável, porém necessária, de supervisão da cibersegurança a qual o conselho devem considerar.